Self Storage: O crescimento da Indústria

Self Storage crescimento da industria

Aparentemente, o auto armazenamento se iniciou na Inglaterra, quando instituições bancárias britânicas possuíam interesse em guardar objetos de valor para os clientes que embarcavam em longas viagens. Banqueiros, rapidamente, começaram a procurar o armazenamento em sótãos empresariais.

Em 1850, o primeiro armazém especificamente para o uso doméstico e artigos pessoais, foi construído. Pelos próximos 60 anos, a indústria de armazenamento manteve-se, relativamente, inalterada. Os armazéns, então, começaram a aumentar de tamanho para considerar maiores quantidades de objetos para armazenamento. Durante o ano 1950, a indústria de armazenamento foi confrontada com o aumento do custo de depósitos e de terras. Como resultado, foi desenvolvido o sistema de armazenamento paletizado.

Em meados da década de 1960, o Texas enxergou a primeira geração de instalações de auto armazenamento, como as conhecemos hoje. A ideia se tornou um sucesso, rapidamente. O conceito de armazenamento se espalhou por vários lugares ao redor do mundo.

Self Storage: Um processo complexo de gestão

Atualmente, uma unidade Self Storage envolve um processão de gestão muito complexo, dispondo de alta tecnologia para tornar eficiente e funcional os serviços prestados. As exigências do mercado intensificaram os requisistos de gestão associados ao funcionamento de uma instalação.

Um desenvolvimento recente, de fato, é o crescimento de profissionais e empresas de gerenciamento de armazenamento.

As unidades Self Storage estão inseridas em um contexto muito complexo no mercado, onde estão envolvidas, técnicas de gestão para satisfazer o cliente, prezando pela conservação de seus bens com uma ótima relação custo-benefício.

Comente pelo Facebook
Comentários
0 Comentários

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>